20 lugares para você NÃO nadar

Page 1/2

Muita gente gosta de aproveitar o verão para buscar um lugar para refrescar-se. Lagoas, rios, cachoeiras ou praia são as principais opções. No entanto, há o risco de que a diversão se converta em tragédia se você não sabe os possíveis perigos que um lugar pode oferecer. 

Vamos a apresentar alguns lugares em que o risco para banhistas é altíssimo. Alguns, por causas naturais, como tubarões e cobras, mas há também aqueles provocados pela atividade humana, como a poluição.

1. Lago Boiling

O Lago Boiling, na Dominica, no Mar Caribe, é um dos lugares mais perigosos para nadar; na verdade, é impossível fazê-lo. A presença de magma na superfície do lago faz a água atingir o ponto de ebulição. 

http://blogdobilhetepremiado.com.br/wp-content/uploads/2016/08/20160724_110509-768x432.jpg

O lago geralmente está coberto por uma nuvem de vapor, e a água borbulha devido à alta temperatura. Nadar ali é sinônimo de cozinhar-se. 

2. Bubbly Creek

A parte sul do Rio Chicago é mais conhecida como Bubbly Creek. Uma das razões para que ninguém queira nadar nessas águas é a grande quantidade de esgoto que chega ao rio. 

https://static.trendscatchers.io/uploads/2019/07/5.-Bubbly-Creek5.jpg

Desde o começo do século XX, algumas empresas frigoríficas locais jogam restos de carne no rio, a decomposição de toda essa matéria orgânica gera gases e bolhas que podem ser vistas pelo lago. O lugar está tão poluído, que peixes e outros animais não conseguem viver mais nele.

3. Buraco de Samaesan

A Tailândia é um país que chama a atenção de pessoas que gostam de aventura ou de pratos exóticos. O país possui belas praias, mas há também lugares que assustam. Esse é o caso do Buraco de Samaesan.

https://static.trendscatchers.io/uploads/2019/07/6.-Samaesan-Hole6.jpg

Se trata de uma das áreas de mergulho mais profundas da Tailândia, com lugares onde a visibilidade é quase zero. O lugar não é indicado para mergulhadores novatos. 

4. Rio Citarum

Passamos agora a outro país cujas belezas naturais também chamam a atenção. Se trata da Indonésia, que é também reconhecida por suas lindas praias e pela grande biodiversidade em cada uma das ilhas que formam o país. No entanto, também lá há lugares onde não se deveria nadar. 

O Rio Citarum, por exemplo, é conhecido pelos altos índices de poluição. Infelizmente, o rio foi contaminado pelas grandes quantidades de dejetos jogados ali. Por isso, nadar ali é um perigo para a saúde. 

5. Poço de Jacó

Localizado na região centro-sul do Texas, o Poço de Jacó é um dos lagos mais gelados do mundo. 

https://i.pinimg.com/564x/e3/e4/bb/e3e4bb88c399af8664cb166a2bc3d4f4.jpg

As águas do poço são cristalinas, e o lugar tem uma característica especial: está cheio de túneis e cavernas submersos. No entanto, é muito perigoso, e muitas pessoas que mergulharam nas águas profundas do lado, infelizmente, nunca mais retornaram. 

6. Rio Nilo

Apresentamos agora o rio que é considerado por muitos como o berço da humanidade. Mas, apesar das belezas, o rio não é recomendado para banhistas, devido a presença de habitantes nada acolhedores. Isso mesmo, o Rio Nilo, o maior rio do continente africano, está cheio de crocodilos. 

https://www.oeco.org.br/wp-content/uploads/oeco-migration/images/stories/jan2013/crocodilo-nilo-sobek-abertura.jpg

Por ano, ocorrem cerca de 100 ataques de crocodilos na parte norte do Nilo. Inclusive há uma espécie do animal que leva o nome do seu habitat, é o Crocodilo-do-Nilo.

7. Praia de Hanakapiai

O Havaí é um estado pertencente aos Estados Unidos. O arquipélago, localizado no Oceano Pacífico, é muito visitado por turistas, e suas praias são um sonho para muitos surfistas. No entanto, apesar de serem uma expressão da beleza da natureza, as praias do Havaí também apresentam riscos para banhistas, devido à força das marés. 

https://static.trendscatchers.io/uploads/2019/07/4.-Hanakapiai-Beach4.jpg

Só na praia de Hanakapiai, cerca de 80 pessoas já morreram vítimas das turbulentas ondas. E fica aqui uma dica: Nunca tente enfrentar as ondas! Depois delas arrebentarem na praia, as correntes subaquáticas podem puxar as pessoas. 

8. Lago Karachai

O Lago Karachai é outra paisagem linda, e perigosa. Localizado na região central da Rússia, o lago foi contaminado pelo governo russo com resíduos radioativos das minas de urânio de Mayak, desde 1951, quando o governo não se pensava que a contaminação poderia se estender para além dos limites físicos do lago, o que acabou acontecendo depois de uma longa estiagem em 1968. Na época, mais de meio milhão de pessoas foi contaminada com os resíduos. 

https://www.greenme.com.br/wp-content/uploads/2015/08/kalachai-1200x602.jpg

Felizmente, o governo russo começou a tomar medidas para encher o lago de concreto, evitando mais contaminações. 

9. Kipu Falls

Kipu Falls é uma cachoeira em East Kauai, no Havaí. O lugar é um dos mais populares destinos turísticos do mundo, mas também ficou conhecido pelos perigos. Muitos afogamentos já ocorreram no local, apesar de não haver certeza quanto às causas. 

https://images.world-of-waterfalls.com/Kipu_Falls_007_12222006.jpg

Uma lenda local, atribui as fatalidades ocorridas a possíveis chamados de deuses antigos, ou, o que seria mais racional, à presença de pontos mais fundos. No entanto, outra explicação mais provável é a presença de banhistas embriagados. Lembramos: álcool e diversão na água não combinam! 

10. Buraco Ninho de Águia

O Buraco Ninho de Águia, na Flórida, é um bonito lugar para nadar, mas os mergulhos não são seguros no local. A profundidade chega a até 90 metros, e pelo menos dez pessoas já morreram no local. Por isso, o Ninho de Águia está fechado indefinidamente.

https://static.trendscatchers.io/uploads/2019/07/8.-Eagle%E2%80%99s-Nest-Sink-Hole8.jpg

O lugar, na verdade, é uma dolina (também conhecida como sumidouro), que é formada pela depressão do solo em lugares com rochas como mármores, por exemplo. O perigo do Ninho de Águia são os buracos no seu interior, que podem fazer com que mergulhadores fiquem presos. 

11. A Bacia Amazônica

A região Amazônica é um dos lugares mais bonitos e com uma das maiores biodiversidades do mundo, mas, também a região está cheia de perigos nas águas. Há tantos predadores que um banho, mesmo que rápido, em alguns lugares poderia ser fatal. 

https://static.trendscatchers.io/uploads/2019/07/10.-The-Amazon-Basin10.jpg

Os rios da região Amazônica são a casa de predadores, entre eles as famosas piranhas, que são capazes de provocar muitos ferimentos, ou até mesmo levar uma pessoa à morte.

12. Lago Horseshoe

A Califórnia é um estado nos EUA onde há diversos lagos; no entanto, o Lago Horseshoe é um daqueles que não deve ser visitado por quem busca um lugar para nadar. A razão é a alta concentração de dióxido de carbono.

https://static.trendscatchers.io/uploads/2019/07/12.-Horseshoe-Lake12.jpg

A grande quantidade de dióxido de carbono no local é devido a uma série de terremotos que ocorreram na região, o que causou a liberação do elemento químico. A presença do dióxido de carbono é tão forte que toda a flora da região morreu, e é possível ver uma grande quantidade de árvores mortas pelo caminho.

13. Lago Vitória

O maior lago do continente africano, e o terceiro maior do mundo, o Lago Vitória é também um lugar a ser evitado. Todos os anos muita gente perde a vida nele, e qual a razão?

LAGO VICTORIA

Um dos problemas do lago, que está localizado entre Tanzânia, Uganda e Quênia, é o sistema climático próprio que ele tem; o clima pode mudar de ensolarado para sombrio em questão de segundos. E aí está o problema. Ser surpreendido por uma tempestade é um risco. Em 2018, por exemplo, mais de 200 pessoas morreram em um naufrágio. Outro problema no local são as más condições das embarcações. 

14. Gansbaai

Gansbaai é uma região na Costa da África do Sul. No entanto, o lugar é mais conhecido como “Beco dos tubarões”, devido à presença desses animais. Só pelo nome já pareceria má ideia nadar ali. 

https://static.trendscatchers.io/uploads/2019/07/15.-Gansbaai15.jpg

Esses animais representam um risco para seres humanos, mas lembramos que também os homens são um perigo para esses animais, devido à caça predatória.

15. Rio Tinto

O Rio Tinto está na Espanha, e leva esse nome por causa da cor avermelhada das suas águas. O rio foi altamente contaminado com substâncias ácidas provenientes do complexo de minas existentes na região. Como você já deve ter concluído, o lugar não deve ser visitado por banhistas. 

https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/7/72/R%C3%ADo_Tinto%2C_cauce_34.jpg

Durante muito tempo o rio foi considerado como morto, ou seja, sem nenhum tipo de vida; até que anos atrás pesquisadores encontraram na superfície plânctons, um tipo de algas microscópicas, adaptados a habitats extremos e que se alimentam de minerais. 

16. Rio Ganges

Outro caso de um rio contaminado pela atividade humana é o do Rio Ganges, um símbolo da Índia, e considerado sagrado pelos hindus. No entanto, a poluição o converteu em uma perigosa região para nadar.

https://cdn-istoe-ssl.akamaized.net/wp-content/uploads/sites/14/2017/03/8beba2174722c0c6913f636574025ac0db84688e.jpg

O descarte de lixo e materiais poluentes nas águas do Ganges terminaram por convertê-lo em um rio tóxico Outro problema é o ritual da cremação dos mortos em suas margens. Dependendo da casta e da situação econômica da família, muitas vezes os corpos não são cremados corretamente e inclusive alguns são jogados inteiros no rio.

17. Represa Hoover

É proibido nadar na represa Hoover, localizada entre os estados de Nevada e Arizona, nos Estados Unidos. O lugar é extremamente perigoso devido à forte correnteza debaixo d’agua. 

https://cdn.civitatis.com/estados-unidos/las-vegas/galeria/presa-hoover.jpg

As muitas entradas ao longo da represa fazem com que seja controlada a velocidade com que a água passa por baixo, mas também há vários vertedouros, que são passagens de água não controladas.

18. Lagoa Azul

A Lagoa Azul é o nome de um filme exibido dezenas de vezes por uma emissora de televisão do Brasil, mas também há um lugar no Reino Unido com esse nome. 

A verdadeira Lagoa Azul, em Buxton, Derbyshire, no Reino Unido, é uma piscina natural que deve ser evitada devido ao pH extremamente alto das suas águas, que chega ao impressionante valor de 11,3. O valor é comparado ao da amônia ou à de um alvejante. 

19. Costa do Golfo

A Costa do Golfo, no sul dos Estados Unidos, tem a água consideravelmente quente, mas não é recomendada para banho, por causa da presença de cobras, incluindo cascavéis. Sim, cobras podem nadar, e não deve ser nada agradável nadar com elas. 

Além da presença desses perigosos animais, a região também não é recomendável para banhistas porque sofre com o escoamento de esgoto de fazendas da América Central.

20. Ilha da Reunião

A Ilha da Reunião, na Costa de Madagascar, é um destino buscado por turistas todos os anos. No entanto, nadar ali pode representar um risco pela presença de tubarões. 

https://static.trendscatchers.io/uploads/2019/07/20.-Reunion-Island20.jpg

Cerca de 39 ataques de tubarões já foram registrados no local. Parece que os casos ocorridos não desanimam a vários turistas que frequentam o lugar, mas mesmo assim vale a pena estar alerta.